alt.Darstlg
Transnationales
zurück
Druckversion
Glossar
Deep Link

Portugues


O Povo

O teórico da emancipação

Crítico do sistema capitalista, o filósofo alemão Anselm Jappe defende que o mundo assiste hoje ao fim da sociedade do trabalho. Para superar a crise do econômico, é necessário combater os valores capitalistas

Tiago Coutinho
tiagocoutinho@opovo.com.br
10 Out 2009 - 18h44min

O mundo assiste ao fim da sociedade do trabalho, diz Anselm Jappe, filósofo alemão, com formação francesa e italiana. Há um estilo de vida entregue à lógica trabalho-consumo-trabalho. E essa lógica produz um contingente sem direito ao trabalho, portanto, descartáveis para o capitalismo.

Crítico do sistema econômico que domina o planeta, Jappe, apoiado em Karl Marx, acredita que não se pode mais entender o confronto entre pobreza e riqueza como mero elemento de luta de classe. Ele pondera que o capitalismo atualmente se expande pela difusão de seus valores abstratos. São esses valores que devem ser combatidos.

O pensador esteve em Fortaleza na semana passada, quando realizou o debate ``Com Marx e Debord, para além de Marx e Debord``, organizado pelo movimento Crítica Radical.

O POVO – Como podemos ter exemplo da crise do capitalismo numa realidade como o Ceará?

OP – É possível pensar políticas para tentar resolver essas questões dentro da lógica do Estado?

OP – Há estratégias de superação desse momento fora do Estado?

OP – E qual a possibilidade de atuação nesse contexto?

OP – A proposta então seria mudar valores?




zurück
Druckversion
Glossar
Deep Link